Você sabe o que é Rosaceae?

A rosa é uma das flores mais populares e admiradas no mundo. Tem sido cultivada pelo homem desde a Antiguidade. Conforme estudos é sabido que a primeira rosa surgiu nos jardins asiáticos , datando de  5 000 anos atrás. Em sua forma selvagem, a flor é ainda mais antiga. A rosa, celebrada ao longo dos séculos, e símbolo dos apaixonados, também marcou presença em eventos históricos importantes e decisivos. Segundo pesquisadores foram encontrados fósseis dessas rosas com idade de mais de 35 milhões de anos.

As rosas, cientificamente, pertencem à família Rosaceae, e ao gênero Rosa, com mais de 100 espécies, e milhares de variedades, híbridos e cultivares. São arbustos ou trepadeiras, providos de acúleos. Tem as folhas simples, partidas em 5 ou 7 lóbulos de bordos denteados. As flores, em sua maioria, são solitárias. Possuem originalmente 5 pétalas, muitos estames e um ovário ínfero. Seus frutos são pequenos,  algumas vezes comestíveis e normalmente de cor vermelha.

As rosas cultivadas nos tempos atuais estão disponíveis em uma variedade imensa de formas, tanto no aspecto vegetativo como no aspecto floral.

Em particular, as flores passaram por várias modificações em razão  de cruzamentos feitos ao longo dos séculos para se chegar às suas características mais conhecidas: muitas pétalas, forte aroma e cores das mais variadas.

Seus  galhos são mais flexíveis, porém  as características da flor (beleza e perfume) se mantém. Seus ramos chegam a atingir mais de 6m de comprimento e ficam repletos de rosas. Florescem diversas vezes na primavera, verão e outono, dando um intervalo no inverno. Os ramos podem ser conduzidos, podados e moldados em formatos diversos sem nenhum prejuízo à planta, em corredores de treliças em formato de arco ficam maravilhosas exalando seu perfume encantador por todo corredor. As variedades que apresentam espinhos podem ser usadas como lindas cercas vivas!

Em geral são muito rústicas e resistentes, com potencial de durar anos embelezando jardins!
O seu cultivo é simples desde que a roseira receba bastante sol e água. Prefere solos pesados e argilosos, mas que tenham boa capacidade de drenagem pois não toleram encharcamento.

Algumas imagens para se admirar.

 

 

O melhor conteudo da web

O melhor conteudo da web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *